terça-feira, novembro 29, 2005

Como o tempo passa...

Hoje foi um dia cheio de "recuerdos", estava aqui em casa mais um amigo a rever zines antigas, k7 de vídeo, e os álbuns fotográficos e achei estas fotos sendo a mais antiga de inícios 1991 quando tinha ainda os meus 14 aninhos, e quero partilhar isto com os mais novos, porque estão me sempre a bombardear com interrogações e complexos com a idade, os pais, a escola, os problemas judiciais, etc, como vêm também passei por isso tudo..só que eu não desisti e espero que vocês também não!!!


Em cima:14 anos,15,16,17
Em baixo:18 anos(dia 10 junho 1995 e da minha prisão),19 anos no Estabelecimento prisional de Lisboa e com 20 no Est.Prisional de Caxias

domingo, novembro 27, 2005

Ladrão que rouba ladrão tem 100 anos de perdão!!!

Rouba ao Estado!

Um nacionalista revolucionário deve, sempre que possível, evitar contribuir para o estado sob ocupação sionista e/ou maçónica, porque tais verbas servem para o regime opressor continuar e intensificar a sua luta contra a raça branca e quem trabalha.

Não temos que pagar impostos para os alienígenas terem habitação gratuita, e os nativos pagarem à banca 2 ou 3 casas em juros. Não temos que pagar impostos para os traidores no parlamento terem reformas milionárias ao fim de 8 anos, e os trabalhadores ao fim de 40. Não temos que pagar portagens para circular no nosso solo, porque ele foi herdado por direito e não pode ser taxado.

Anunciaram-nos a crise mas os Bancos todos os anos aumentam os seus lucros, e somente pagam 12% de IRC enquanto o merceeiro da esquina paga 20%!

Revolucionários, recusem-se a pagar!!! A rebelião é um dever, pactuar com o Sistema é acto de traição, o dinheiro que os Maçons te roubam será usado contra ti...LUTA E RESISTE!

Tu achas-te um patriota por pagares todos os impostos e pedires sempre factura, mas ainda não compreendeste que eles não te representam, eles são o INimigo e tu o OTArio.

Não temos que ser sociais num Estado que não é nacional!

domingo, novembro 20, 2005

Conferência Nacionalista - Dia de Vitória!

Um sucesso estrondoso!!!

A Frente Nacional, na celebração do seu 1'aniversário, deu mais um excelente contributo, para o nacionalismo português e uma vez mais fez história.
Não me recordo em 15 anos de militância nacionalista, de algo semelhante, nem em números, nem em qualidade de oradores e nos seus discursos, nem em qualidade organizativa, nem em nada que se pareça.
Estiveram cerca de 220 pessoas presentes, velhos, novos, mulheres, homens, skinheads, metaleiros, rockers, engravatados, fazendo juz a um dos lemas da Frente Nacional "não olhamos à idade nem ao visual".
Conseguimos com este evento consciencializar ainda mais os militantes e activistas nacionalistas para as diversas batalhas que temos pela frente, as diversas estratégias que podemos adoptar e recebemos de pessoas com provas dadas no movimento nacionalista conselhos e directrizes que devemos sem duvida seguir.

A Frente Nacional e todos os seus activistas, estiveram de parabêns, pelo esforço brutal que foi organizar este evento e toda a sua logistica, começando pela troca nacional e internacional de centenas de emails, centenas de telefonemas, o arranjar de uma sala de confêrencias, a recolha de cerca de 1500 euros por todos os militantes "Frentistas" que, cada um, com o seu sacrificio, e com as suas possibilidades pessoais e financeiras limitadas foram contribuindo, a deslocação sempre onorosa dos que vieram de Braga,Viana,Porto,Coimbra,Aveiro,Rio Maior, Santarém, Guarda,Viseu,Setubal, Beja, Faro e Portimão, porque como disse Paulo Guimarães(FN) "..não somos politicos profissionais e sai-nos tudo do bolso...", a montagem das bancas de gastronomia regional dos diversos nucleos da FN, o carinho com que as pessoas trouxeram as suas lembranças, as ofertas, etc etc ..fez com que muito me orgulhasse, uma vez mais, de pertencer a esta familia nacionalista, saudável, honrosa e fraterna.

Pequenos promenores que podem ter passado despercebidos queria aqui tambem os enumerar, que vão desde o arranjo floral de uma militante dedicada, passando pelos brasões das terras onde vieram os diversos nacionalistas com a respectiva explicação histórica, um amigo que pediu férias de uma semana para poder ajudar na logistica, o camarada que fez as medalhas da efeméride para os oradores, o empenho de Thomas Ace que quando o Dr.Peter Malborn por motivos de saude cancelou a sua vinda, exedeu-se em telefonemas para Berlin, falando e intercedendo com o presidente do NPD, e esforçando-se bastante para que fosse possivel a presença de Gerd Finkenwirth, o responsável pelas relações internacionais do Partido Alemão, na conferência, esforço paralelo e no mesmo sentido efectuado por outro camarada português, todos os que ficaram a fazer a segurança e portaria, que por motivos óbvios não puderam assistir à conferência etc etc etc etc.

Tenho a certeza que me estou a esquecer de mil e uma situações que também poderiam ser alvo do meu texto de agradecimento, mas é-me impossivel recordar tudo, e como sabem a escrita também não é o meu forte.

Um muito obrigado a todos
Sinto-me feliz!!!!

VIVA PORTUGAL!
VIVA A RAÇA BRANCA!

quinta-feira, novembro 10, 2005

VÃO SE FODER!!! SKREW YOU!!!


Hey you up there in your office,
hiding in your private litle nest,
Trying to tell the people what to listen to,
do you clutch a red flag to your breast?

Refrão:
SKREW YOU! A stranger to the truth
SKREW YOU! Twisting all our words,
SKREW YOU! An upper class worker,
SKREW YOU! To me you are just absurd!

I can see right through your image,
you are just another wealthy fake,
you are never gonna break your social circle,
cause you are scared for your own safetys sake!



I have heard these stories, i never really knew,
i never really believed them, but now i know they are true.
People always told me, never trust a creep like you,
and now i have read your stories, and i just said
SKREW YOU!

You claim you are speaking for the people,
exactly wich ones do you mean?
a beret on your head, a red star upon your collar,
you dont talk for people on the streets

Versão-Extreme Hatred
Autor- Ian Stuart

quarta-feira, novembro 09, 2005

Frente Nacional (comentário) & Front Nacional (Manif e Video)


Os «jovens» voltam a fazer das suas, os políticos insistem na sua política de avestruz, e os Media continuam a campanha de defesa do seu Sistema. A (des)informação em relação ao clima de guerra que se vive na Europa é total e alguns subservientes do Sistema já fizeram referência à lavagem cerebral dos Media sobre a qual alertamos constantemente. Faz-se um esforço hercúleo para não relatar acontecimentos ou referir quem são «os jovens» e em alguns casos escondem-se ou manipulam-se imagens de modo a camuflar a verdadeira essência da questão.

A maior parte das vezes, toda esta questão «dos jovens», tal como acontece em Portugal, é referida como «problemas relacionados com a condição económica» ou com o facto «dos jovens serem imigrantes desintegrados», o que é claramente uma forma deturpada de desculpar os próprios erros do Sistema. Nem os factores económicos servem de desculpa, por haver muitos milhões de emigrantes europeus e pobres na Europa e que nem por isso se organizam em gangs, nem os tais «jovens» são imigrantes recém-chegados, e por isso ainda desintegrados, mas sim descendentes de imigrantes de 2ª e 3ª geração mais do que inseridos e integrados na Sociedade. «Ser jovem» também não justifica ou desculpabiliza o facto de se andar em bandos na rua a destruir as nossas lojas, automóveis, ou bens públicos, e mais grave, a violar raparigas, a roubar comerciantes e agredir quem trabalha e utiliza diariamente transportes públicos...ver mais em: http://www.frente-nacional.org



Vejam este pequeno video feito pela FN francesa, que merece bem a pena:

segunda-feira, novembro 07, 2005

Cocktail Molotov

Cocktail Molotov
Materiais:
* Gasolina
* Óleo de motor
* Garrafa de vidro
* Rolha
* Pano ou meia

Procedimento:
Enche metade da garrafa com a gasolina e adiciona um pouco do óleo de motor, depois coloca metade do pano dentro e metade para fora da garrafa e mete a rolha de modo que ela prense o pano no gargalo da garrafa, pega fogo na ponta do pano ( tem que acender bem) e atira a garrafa para longe, ai vais ver porque é que ela é uma bomba incendiária.

Terrorisme d'abord immigration d'or

520 voitures et 27 bus incendiés, cinq entrepôts et entreprises ravagés également par les flammes, des conducteurs de RER et de bus attaqués, des mairies, des écoles, des commissariats vandalisés, caillassés : les émeutes ethniques d’Ile de France se sont poursuivies dans la nuit de jeudi à vendredi s’étendant à de nouvelles communes en région parisienne mais aussi aux départements de Côte d’Or, des Bouches-du-Rhône, de Seine-Maritime. Totalement dépassés par les évènements, les partis de l’établissement débitent leurs formules creuses habituelles, à l’image de la pitoyable réunion des maires de banlieues reçus par Dominique de Villepin à Matignon jeudi. La palme de la déclaration aberrante revenant au maire d’Aulnay-sous-Bois, l’UMP Gérard Gaudron, qui a déclaré à propos des jeunes émeutiers : « Ce ne sont pas tous des voyous, certains viennent juste pour s’amuser. Au lieu de jouer à la Playstation, ils tapent des CRS ». Pas de quoi fouetter un chat en somme… Quant à Nicolas Sarkozy qui a depuis longtemps fait la démonstration de son incompétence, il reste prisonnier de ses dogmes antinationaux et de sa méthode consistant à mixer propos sécuritaires et déclarations que ne renieraient pas les extrémistes du lobby immigrationniste. Il a ainsi réaffirmé qu’il n’entendait pas inverser les flux migratoires et qu’il fallait donner le droit de vote aux immigrés, recevant vendredi sur ce point le soutien de l’ex ministre des Affaires étrangères Michel Barnier.

http://www.frontnational.com/

terça-feira, novembro 01, 2005

Da amizade e dos amigos


Amizade-do Lat. *amicitate s. f., afeição; amor; boas relações; laço cordial entre duas ou mais entidades; dedicação; benevolência.

Custa-me bastante falar sobre tudo o que tem a ver com os meus sentimentos, e emoções, e partilhá-las com desconhecidos ainda mais, desde pequeno que fui habituado que falar sobre isso era "isso é dar parte fraca", mas acho que chegou a altura de fazer esta singela, modesta mas merecida homenagem a todos os meus amigos, que me têm acompanhado nos bons e maus momentos, e ultimamente os maus têm sido bastantes.

Problemas familiares, amorosos, judiciais, criminais, laborais, (you name it) são assim aos tropeções e quando resolvo uns logo aparecem outros, já os meus pais diziam "só estás bem quando estás com problemas,tu crias problemas", o que é certo é que eles aparecem-me assim do nada, e quando menos os desejo, eles estão ai.

Mas as vivicitudes da vida vão e vêm, mas os amigos, os verdaderos amicu permanecem sempre ao nosso lado, no bom e no mau lá estão eles, não reclamam nada em troca, não exigem pagamentos, nem tributos apenas exigem e bem a amiciate
Um dos meus melhores amigos diz-me constantemente:"a familia foi nos imposta eu sinto-me um abençoado porque posso escolher quem são os meus irmãos(amigos) e a quem devo a minha fraternidade."

Tenho ainda a sorte de dois dos meus melhores amigos, serem ideológicamente fortes, mentalmente superiores e de poder aprender todos os dias algo com eles. Como eu tambem eles foram os escolhidos por um qualquer investigador barrasco das brigadas da GNR como os 3 alvos a abater no nacionalismo português, devido à nossa militância na causa, se é o próprio investigador que diz que eles são os maiores, quem sou eu para dizer o contrário.

Pedro Nogueira e Vasco Leitão, seus grandes cabrões, obrigado por tudo!
Seguimos vivos!!!!!!